Concurso de beleza dá oportunidade à cadeirantes

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Manuela Rolim
manuela.rolim@jornaldebrasilia.com.br
Com 18 anos, Andréa Fiuza perdeu o movimento das pernas depois de sofrer um acidente de trânsito. Hoje, aos 32, a servidora pública garante que, apesar da reviravolta que duas fraturas na coluna causaram em sua vida, se sente ainda mais capaz sobre uma cadeira de rodas. Não por acaso, ela é uma das participantes do primeiro concurso de beleza para cadeirante do Brasil.

Animada com o projeto, Andréa se juntou às concorrentes para um ensaio, a partir das 18h desta sexta-feira, no Centro de Treinamento Neuromotor, no Núcleo Bandeirante. Na ocasião, os participantes, inclusive os homens, ganharam sessão de fotos e a gravação de um vídeo institucional com o tema “Inclusão social, o amor não tem gênero”. A grande final da competição regional está prevista para o dia 30 de julho, a partir das 15, no JK Shopping em Ceilândia. Já a nacional será no dia 9 de agosto, no mesmo horário e local.

Toda produzida e maquiada, Andréa guarda na memória as dificuldades e ressalta as conquistas. “Depois do acidente, voltei a estudar e passei em um concurso. Tenho uma vida absolutamente normal. Saio, namoro, dirijo, vou para a balada, moro sozinha. Não tenho nenhuma limitação, essas barreiras estão na cabeça da gente. A única coisa que faz falta é estrutura. A cidade não está preparada para receber cadeirante. Se fosse tudo adaptado, conseguiríamos viver normalmente, sem pedir ajuda para nada”, afirma.

A servidora lembra do dia que ficou paraplégica. Ela tinha acabado de sair da faculdade e pegou uma van para voltar para casa. “Lembro de tudo, em nenhum momento fiquei desacordada. Perdi o movimento na hora. Como cursava fisioterapia sabia que o meu caso era grave, mas achei fosse voltar a andar logo. Passei por uma cirurgia e me internei no Sarah, onde sempre sonhei trabalhar”, conta. Após o fratura, ela largou o curso e se formou em Recursos Humanos.

Andréa ressalta que se tornou uma pessoa melhor. “Hoje, dou valor ao que verdadeiramente importa. Antes, me importava demais com coisas materiais. Parece clichê, mas a felicidade está na simplicidade. Nunca me deixei ficar abalada, quero viver, casar e ter filhos”, acrescenta.

O concurso Musa e Mister Cadeirante Universo DF contará com 30 concorrentes de diversas regiões administrativas. Idealizador do evento, Ralph Santos, explica que a iniciativa tem como objetivo chamar atenção da sociedade para a inclusão social, além da quebra de preconceitos. “O propósito é trabalhar a inclusão em uma área tão sensível, além de ajudar na autoestima, pois muitos não sabem conviver com a deficiência e tolerar a diversidade estética. O que queremos mesmo é chamar a atenção para o tema junto aos governantes, autoridades e população. O cadeirante tem que ser reconhecido, respeitado e valorizado dentro da sociedade”, declara.

Cadeirante de nascença devido a uma deficiência articular, o atleta Thiago Souza, 26 anos, tem uma história que serve de exemplo. “Nunca me senti diferente. Minha família me criou de uma maneira muito igual aos outros, não tinha mordomia. Por isso, sempre fui uma criança ativa. Entrei no esporte cedo, isso me ajudou bastante. Não tem nada que eu não faça”, afirma ele, que se destaca no atletismo desde os 13 anos.

O projeto oferece ainda workshops, palestras motivacionais e atividades sociais, como visitas a creches e asilos da cidade. O concurso é realizado por parceiros e voluntários e não tem nenhum cunho partidário, financeiro ou político. A ideia é que os vencedores se tornem representantes das causas dos direitos e garantias da pessoa com deficiência física no DF.

Saiba Mais

Paralelamente ao evento também serão realizados os concursos Musa e Mister DF Universo, respectivamente nos dias 7 e 13 de agosto, a partir das 16h, no Jk Shopping em Ceilândia. Os vencedores irão representar o DF no concurso nacional, que por sua vez escolhe o representante para o Mister Universo.

Serviço:

Musa e Mister Cadeirante Universo Distrito Federal 2017 (etapa regional)
Data: 30 de julho de 2017
Hora: às 15h
Local: JK Shopping em Ceilândia
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos.
Entrada gratuita
Informações: (61) 984535336
Musa e Mister Cadeirante Universo Nacional 2017
Data: 9 de agosto de 2017
Hora: às 15h
Local: JK Shopping em Ceilândia
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos.
Entrada gratuita
Musa e Mister Universo Distrito Federal 2017
Data: dias 7 e 13 de agosto
Hora: a partir das 16h
Local:JK Shopping em Ceilândia
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos.
Entrada gratuita

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *